Jaguar F-Type linha 2016 é apresentado no Brasil



A Jaguar inicia a comercialização nacional da linha 2016 do esportivo F-Type, que agora possui direção elétrica de série - antes, este tipo de assistência era menosprezado pelos engenheiros da montadora inglesa, mas passa a ser gradativamente incorporado aos modelos após o lançamento do sedan XE, com a vantagem de não depender da força gerada pelo motor a combustão. Toda a linha passa a contar com o sistema de vetorização de torque. Além disto, a versão Coupé R passa a ser importada com tração nas quatro rodas e freios de cerâmica de série. 


A linha F-Type 2016 traz rodas de aro 20'' com estilos exclusivos para cada versão, opção de teto em fibra de carbono (20% mais leve do que a capota em alumínio), nova opção de revestimento em couro vermelho com costuras duplas no revestimento dos bancos em concha, painel e portas, além de cinco opções de cores para a carroceria: Vermelho Caldera, Cinza Storm, Cinza Ammonite, Black Berry e Glacier White.



A linha F-Type é composta por quatro versões: Coupé (R$ 427 000) com motor 3.0 V6 Supercharged de 340 cavalos, que acelera de 0 a 100 km/h em 5,3 segundos e possui velocidade máxima limitada a 260 km/h; S Coupé (R$ 498 400) e S Conversível (R$ 509 000), que trazem o mesmo motor 3.0 V6 recalibrado para render 380 cavalos e 46,9 kgfm de torque, fazendo os modelos chegarem a 275 km/h, e Coupé R, com o motor 5.0 V8 Supercharged de 550 cavalos e 69,3 kgfm de torque, o que permite ao modelo acelerar de 0 a 100 km/h em 4,1 segundos, atingindo a velocidade máxima de 300 km/h.



A direção elétrica conta com sensores utilizados na medição da força aplicada pelo motorista, ângulo do volante e velocidade que ele está sendo acionado, informações que são enviadas a um software, que por sua vez determina a quantidade ideal de assistência de direção, de acordo com as circunstâncias de condução.



Antes dotado de tração apenas nas rodas traseiras, o Coupé R agora possui tração integral (AWD), vetorização de torque (em situações de baixa aderência ou quando se trafega em alta velocidade nas curvas, é aplicada frenagem/liberado maior torque entre as rodas adequadas para evitar o subesterço), diferencial ativo e o software Inteligent Driveline Dynamics, que possibilita antever umasituação de substerço ou sobresterço e ajustar a suspensão conforme a situação. Já os freios, produzidos em silício e cerâmica de carboneto aquecidos a 1.700 C°, são cerca de 60% mais leves do que os tradicionais feitos em aço.



Na linha 2016, o capô do modelo V8 ficou um pouco mais elevado e teve as duas entradas de ar remodeladas. Além disso, as rodas aro 22'' escurecidas também possuem novo estilo. O topo-de-linha dos F-Type é oferecido por R$ 687 700.


Comentários

  1. Padrão brasileiro de cores: branco, preto, prata e vermelho. Até com carro de meio milhão de reais essa sacanagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Eduardo, no Salão do Automóvel de São Paulo ano passado chegou a ser apresentada uma unidade laranja, mas esta cor não chegou a ser oferecida por aqui... no Reino Unido também existem tonalidades para o F-Type como o verde-escuro e o ametista, cor preta que puxa para o roxo

      Excluir

Postar um comentário

Na seção de comentários do Auto REALIDADE você está livre para escrever o que você achou da matéria.

Caso você queira fazer perguntas maiores, incluir fotos ou tirar dúvidas, envie e-mail para blogautorealidade@hotmail.com

Sua opinião é muito importante para o Auto REALIDADE! Estamos a disposição no Facebook (http://www.facebook.com/AutoREALIDADE), no Instagram (http://www.instagram.com/autorealidade e no Twitter (@AutoREALIDADE).